Eliud Kipchoge tentará sub 2h em Viena. Por quê?

Postado por Viva Melhor em 01/jul/2019

Postado por Viva Melhor


Como foi escolhido o local?

A equipe INEOS 159 selecionou Viena para o desafio após uma imensa pesquisa considerando todos os locais do planeta e levando em consideração os dados, informações científicas e todas as aprendizagens do primeiro desafio sub 2 horas realizado no circuito de Monza em 2017.

A partir deste trabalho, foram criados filtros que ajudaram a definir o local ideal para uma segunda tentativa, sendo o histórico parque Prater, no centro de Viena, selecionado para o desafio INEOS 159.

O primeiro filtro utilizado pela equipe de especialistas foi o fuso-horário e a base de pesquisa foi para locais que não estivessem a mais de 3 horas do fuso horário de Kaptagat no Quênia, onde fica a base de treinamento de Kipchoge. Este filtro foi criado para diminuir possíveis influências negativas do jet-lag e não obrigar o atleta a fazer grande alterações em sua rotina de treinos, alimentação de descanso.

O segundo filtro aplicado pela equipe de especialistas foi relacionado à altitude e ao clima. Sobre a altitude a ideia foi de escolher um local de pouca altitude em relação ao nível do mar para que Kipchoge possa aproveitar as adaptações ocorridas em seu treinamento realizado a 2.400m acima do nível do mar. Já sobre o clima, estudos indicam que a temperatura de 10ºC é tida como referência e junto a uma baixa umidade cria a condição perfeita para a maratona.

Neste ponto, o número de possíveis locais para o projeto já diminuiu bastante, e a equipe seguiu a segunda parte dos filtros: o percurso ideal.

Como na primeira tentativa Kipchoge quase teve sucesso, a equipe de especialistas acredita que o circuito de Monza deveria ser tomado como referência.

Buscou-se um percurso plano, sem curvaturas e que pudesse ser montado em voltas, para facilitar a logística envolvida. Além disso, deveria ter uma boa qualidade do ar e a possibilidade de abrigar um grande número de espectadores para apoiar a tentativa.

Após toda esta pesquisa concluiu-se que Viena é o local ideal para um alguém correr os 42.195 metros em menos de duas horas pela primeira vez.

Apesar de estar a quase 9.000 km de distância da contro de treinamentos, Viena está a apenas uma hora antes do fuso de Kaptagat. A cidade está a 165 m acima do nível do mar, tem uma boa qualidade do ar, clima ameno e baixa umidade.

No parque Prater, é possível criar um circuito de 9,6 km, com duas retas de 4,3 km e duas rotatórias nas extremidades. Além disto, em abril acontece a maratona de Viena que atraiu 42.000 participantes e um público estimado de aproximadamente 400.000 pessoas em 2018.